As Minhas Melhores Experiências De Viagem De 2022

2022 foi um ano de “sentimentos extremos” na Europa, entre o desaparecimento das restrições associadas à pandemia, que tanto marcaram os anos 2021 e 2020, e a invasão da Ucrânia pela Rússia. Como consequência, as minhas viagens foram planeadas com um misto de euforia e incerteza.

Em resposta a estes desenvolvimentos, as minhas melhores experiências de viagem de 2022 espelharam uma das prioridades que defini para esse ano: explorar mais e melhor Portugal. E o resultado foi que quase todas as minhas viagens foram dedicadas ao meu país!

Por isso, queres saber mais sobre As Minhas Melhores Experiências De Viagem de 2022? Continua a ler!

Este artigo pode conter links de afiliados, o que significa que eu ganho uma pequena comissão se fizeres uma compra, sem nenhum custo adicional para ti. Lê o meu aviso legal & política de privacidade para mais informações.

Sem tempo para ler agora? Guarda para depois!

Melhores Experiências de Viagem de 2022
Melhores Experiências de Viagem de 2022

Melhores Experiências de Viagem de 2022: Os Países

Ao contrário do ano passado – em que tive a oportunidade de visitar quatro países – em 2022, só consegui visitar dois: Espanha e Portugal. Mas claro, os acontecimentos na Europa de Leste – que mencionei na introdução – foram a grande justificação para me ter restringido à Península Ibérica.

Espanha

Estes foram os 2 países que visitei em 2022:

  • Espanha – em fevereiro, março e abril
  • Portugal – de janeiro a dezembro

Melhores Experiências de Viagem de 2022: As Cidades, Vilas e Aldeias

Uma das minhas melhores experiências de viagem de 2022 foi ter explorado quinze locais pela primeira vez, aos quais acabei por juntar mais de três dezenas de locais repetidos (trinta e quatro, para ser mais precisa)!

Ponte de Lima (Portugal)

Eis as 49 cidades, vilas e aldeias que visitei em 2022:

  • Aceredo (Espanha) – em fevereiro
  • Amares (Portugal) – em setembro
  • Arcos de Valdevez (Portugal) – em fevereiro e agosto
  • Barcelos (Portugal) – em novembro
  • Braga (Portugal) – de janeiro a dezembro
  • Bragança (Portugal) – em abril
  • Caminha (Portugal) – em novembro
  • Coimbra (Portugal) – em dezembro
  • Condeixa-a-Velha (Portugal) – em novembro
  • Córdova (Espanha) – em março
  • Espinho (Portugal) – em agosto
  • Esposende (Portugal) – em novembro
  • Fiães (Portugal) – em agosto
  • Golegã (Portugal) – em novembro
  • Grijó (Portugal) – em agosto
  • Guimarães (Portugal) – em setembro, outubro e novembro
  • Gulpilhares (Portugal) – em agosto
  • Lindoso (Portugal) – em fevereiro
  • Lisboa (Portugal) – em abril e outubro
  • Matosinhos (Portugal) – em setembro
  • Miranda do Douro (Portugal) – em abril
  • Mirandela (Portugal) – em abril
  • Moledo do Minho (Portugal) – em novembro
  • Oliveira de Azeméis (Portugal) – em agosto
  • Outeiro (Portugal) – em abril
  • Podence (Portugal) – em abril
  • Ponte da Barca (Portugal) – em agosto
  • Ponte de Lima (Portugal) – em janeiro e novembro
  • Porto (Portugal) – em abril, maio, junho, setembro e novembro
  • Rihonor de Castilla (Espanha) – em abril
  • Rio Caldo (Portugal) – em setembro
  • Rio de Onor (Portugal) – em abril
  • Santa Maria da Feira (Portugal) – em agosto
  • Santa Maria de Lamas (Portugal) – em agosto
  • Santarém (Portugal) – em novembro
  • Santiponce (Espanha) – em março
  • Sevilha (Espanha) – em março
  • Sistelo (Portugal) – em agosto
  • Soajo (Portugal) – em agosto
  • Soutelo (Portugal) – em setembro
  • Torre de Dona Chama (Portugal) – em abril
  • Valença (Portugal) – em janeiro
  • Varge (Portugal) – em abril
  • Viana do Castelo (Portugal) – em outubro e novembro
  • Vila Nova de Cerveira (Portugal) – em outubro
  • Vila Nova de Famalicão (Portugal) – em janeiro, julho, novembro e dezembro
  • Vila Nova de Gaia (Portugal) – em agosto
  • Vilar de Mouros (Portugal) – em outubro e novembro
  • Vila Verde (Portugal) – em setembro

Melhores Experiências de Viagem de 2022: Os Castelos

Juntamente com os palácios, os castelos são um dos meus tipos favoritos de monumentos para visitar, enquanto viajante cultural. Contudo, quando estava a recolher dados para descrever as minhas melhores experiências de viagem de 2022, percebi que não visitei nenhum castelo novo!

Castelo de Bragança (Portugal)

Estes foram os 6 castelos que visitei em 2022:

  • Castelo de Bragança (Portugal) – em abril
  • Castelo de Miranda do Douro (Portugal) – em abril
  • Castelo de Outeiro (Portugal) – em abril
  • Castelo de Santa Maria da Feira (Portugal) – em agosto
  • Castelo de Santarém (Portugal) – em novembro
  • Castelo do Lindoso (Portugal) – em fevereiro

Melhores Experiências de Viagem de 2022: Os Jardins

Para me distanciar dos nichos sobre “viagens ao ar livre”, “ecoturismo” ou “viagens na Natureza”, a minha categoria sobre “Jardins e Parques” é mais voltada para a cultura, a história e a arquitetura paisagista. Daí ter incluído jardins formais que já pertenceram a palácios reais, entre outros!

Jardins do Palácio de Cristal (Portugal)

Eis os 21 jardins que visitei em 2022:

  • Jardim da Alameda de Arcos de Valdevez (Portugal) – em fevereiro e agosto
  • Jardim da Marginal (Viana do Castelo, Portugal) – em outubro
  • Jardim da Marina (Viana do Castelo, Portugal) – em outubro
  • Jardim da Praça da República (Vila Verde, Portugal) – em setembro
  • Jardim da Praça do Município (Vila Verde, Portugal) – em setembro
  • Jardim das Barrocas (Barcelos, Portugal) – em novembro
  • Jardim das Portas do Sol (Santarém, Portugal) – em novembro
  • Jardim de Monumentos em Miniatura (Bragança, Portugal) – em abril
  • Jardim de Santa Bárbara (Braga, Portugal) – em novembro
  • Jardim do Campo do Trasladário (Arcos de Valdevez, Portugal) – em fevereiro e agosto
  • Jardim do Castelo de Bragança (Portugal) – em abril
  • Jardim do Castelo de Santa Maria da Feira (Portugal) – em agosto
  • Jardim Dom Fernando (Viana do Castelo, Portugal) – em outubro
  • Jardim do Morro (Vila Nova de Gaia, Portugal) – em novembro
  • Jardim do Santuário do Sameiro (Braga, Portugal) – em janeiro
  • Jardim dos Centenários (Arcos de Valdevez, Portugal) – em fevereiro e agosto
  • Jardim dos Poetas (Ponte da Barca, Portugal) – em agosto
  • Jardim Doutor Adelino Sampaio (Ponte de Limpa, Portugal) – em janeiro
  • Jardins do Alcácer dos Reis Cristãos (Córdova, Espanha) – em março
  • Jardins do Palácio de Cristal (Porto, Portugal) – em abril e novembro
  • Jardins dos Alcáceres Reais de Sevilha (Espanha) – em março

Melhores Experiências de Viagem de 2022: Os Museus

Se lês os meus artigos desde o princípio, então já deves ter percebido que os “Guias de Museus” são a secção mais antiga do meu blogue de viagens culturais. Portanto, é natural inclua um número considerável de museus e galerias de arte nas minhas melhores experiências de viagem de 2022!

Fundação Serralves (Portugal)

Estes foram os 23 museus que visitei em 2022:

  • Arquivo Geral das Índias (Sevilha, Espanha) – em março
  • Casa da Cultura Mirandesa (Miranda do Douro, Portugal) – em abril
  • Centro de Fotografia Georges Dussaud (Bragança, Portugal) – em abril
  • Fundação Serralves (Porto, Portugal) – em abril
  • Museu Arqueológico de Córdova (Espanha) – em março
  • Museu da Terra de Miranda (Miranda do Douro, Portugal) – em abril
  • Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa (Braga, Portugal) – em dezembro
  • Museu de Artes e Costumes Populares de Sevilha (Espanha) – em março
  • Museu de Belas Artes de Córdova (Espanha) – em março
  • Museu de Belas Artes de Sevilha (Espanha) – em março
  • Museu de Santa Maria de Lamas (Portugal) – em agosto
  • Museu do Abade de Baçal (Bragança, Portugal) – em abril
  • Museu do Baile Flamenco (Sevilha, Espanha) – em março
  • Museu do Bombeiro Manuel Valdés Sobral (Valença, Portugal) – em janeiro
  • Museu do Brinquedo Português (Ponte de Lima, Portugal) – em janeiro
  • Museu do Traje (Viana do Castelo, Portugal) – em outubro
  • Museu Ibérico da Máscara e do Traje (Bragança, Portugal) – em abril
  • Museu Militar de Bragança (Portugal) – em abril
  • Museu Monográfico de Coimbra (Condeixa-a-Velha, Portugal) – em novembro
  • Museu Nacional de Soares dos Reis (Porto, Portugal) – em abril
  • Núcleo Museológico de Valença (Portugal) – em janeiro
  • Torre de Calahorra – Museu Vivo de Al-Ándalus (Córdova, Espanha) – em março
  • Torre del Oro – Museu Marítimo (Sevilha, Espanha) – em março

Melhores Experiências de Viagem de 2022: Os Palácios

Eu adoro todo o tipo de palácios, solares e vilas. Curiosamente, todos os palácios que visitei este ano ficam na Península Ibérica (quatro em Espanha e um em Portugal). E outro detalhe interessante é o facto de três destes palácios serem Património Mundial da UNESCO!

Alcáceres Reais de Sevilha (Espanha)

Eis os 5 palácios que visitei em 2022:

  • Alcácer dos Reis Cristãos (Córdova, Espanha) – em março
  • Alcáceres Reais de Sevilha (Espanha) – em março
  • Palácio da Condessa de Lebrija (Sevilha, Espanha) – em março
  • Palácio de las Dueñas (Sevilha, Espanha) – em março
  • Palácio dos Carrancas (Porto, Portugal) – em abril

Melhores Experiências de Viagem de 2022: Os Parques

Em contraste com o ano passado, em que visitei sempre parques associados a roteiros ou guias específicos sobre locais ou monumentos, as minhas explorações de 2022 a parques nacionais, naturais, municipais e verdes foram propositadas e planeadas ao detalhe!

Parque María Luisa (Espanha)

Estes foram os 15 parques que visitei em 2022:

  • Campo da Agonia (Viana do Castelo, Portugal) – em outubro
  • Choupal do Largo de Côrro (Ponte da Barca, Portugal) – em agosto
  • Parque da Devesa (Vila Nova de Famalicão) – em novembro e dezembro
  • Parque da Guia (Ponte de Lima, Portugal) – em janeiro
  • Parque das Ribeiras do Uíma (Fiães, Portugal) – em agosto
  • Parque de La Salette (Oliveira de Azeméis, Portugal) – em agosto
  • Parque de Miranda do Douro (Portugal) – em abril
  • Parque de Nossa Senhora da Abadia (Amares, Portugal) – em setembro
  • Parque de Santa Maria de Lamas (Portugal) – em agosto
  • Parque de Serralves (Porto, Portugal) – em abril
  • Parque María Luisa (Sevilha, Espanha) – em março
  • Parque Municipal da Lavandeira (Vila Nova de Gaia, Portugal) – em agosto
  • Parque Nacional da Peneda-Gerês (Arcos de Valdevez e Terras de Bouro, Portugal) – em agosto e setembro
  • Parque Natural do Bom Jesus (Braga, Portugal) – em novembro
  • Parque Temático do Arnado (Ponte de Lima, Portugal) – em janeiro e novembro

Melhores Experiências de Viagem de 2022: Os Sítios Arqueológicos

Pelo segundo ano consecutivo, o tópico sobre “Sítios Arqueológicos” integra este resumo sobre as minhas melhores experiências de viagem de 2022. Assim e depois de a ter criado no meu blogue de viagens culturais em 2021, esta categoria ganhou dois novos locais em ruínas!

Conjunto Arqueológico de Itálica (Espanha)

Eis os 4 sítios arqueológicos que visitei em 2022:

  • Antiqvarium (Sevilha, Espanha) – em março
  • Castro de São Brás (Torre de Dona Chama, Portugal) – em abril
  • Conjunto Arqueológico de Itálica (Santiponce, Espanha) – em março
  • Ruínas de Conímbriga (Condeixa-a-Velha, Portugal) – em novembro

Melhores Experiências de Viagem de 2022: Os Templos Religiosos

Mesmo que tenha estado em poucos países em 2022, fico contente por ter “batido um recorde” no número de templos religiosos. Em especial, quando comparado com os cinquenta, nove e oito templos religiosos que visitei nos anos de 2021, 2020 e 2019 (respetivamente)!

Capela do Senhor da Pedra (Portugal)

Estes foram os 52 templos religiosos que visitei em 2022:

  • Basílica de La Macarena (Sevilha, Espanha) – em março
  • Basílica de Nossa Senhora do Sameiro (Braga, Portugal) – em janeiro
  • Basílica do Bom Jesus do Monte (Braga, Portugal) – em novembro
  • Basílica Menor de Santo Cristo (Outeiro, Portugal) – em abril
  • Capela de Nossa Senhora da Conceição (Arcos de Valdevez, Portugal) – em agosto
  • Capela de Nossa Senhora da Encarnação (Santa Maria da Feira, Portugal) – em agosto
  • Capela de Nossa Senhora de La Salette (Oliveira de Azeméis, Portugal) – em agosto
  • Capela de Nosso Senhor do Encanto (Valença, Portugal) – em janeiro
  • Capela de Santa Marta das Cortiças (Braga, Portugal) – em janeiro e novembro
  • Capela de Santa Marta do Leão (Braga, Portugal) – em janeiro e novembro
  • Capela de Santo António (Vila Verde, Portugal) – em setembro
  • Capela do Anjo da Guarda (Ponte de Lima, Portugal) – em novembro
  • Capela do Bom Jesus (Valença, Portugal) – em janeiro
  • Capela dos Aflitos (Fiães, Portugal) – em agosto
  • Capela do Senhor da Pedra (Gulpilhares, Portugal) – em agosto
  • Catedral de Sevilha (Espanha) – em março
  • Concatedral de Miranda do Douro (Portugal) – em abril
  • Convento dos Loios (Santa Maria da Feira, Portugal) – em agosto
  • Igreja Colegiada do Divino Salvador (Sevilha, Espanha) – em março
  • Igreja da Lapa (Arcos de Valdevez, Portugal) – em agosto
  • Igreja da Misericórdia (Bragança, Portugal) – em abril
  • Igreja da Misericórdia (Miranda do Douro, Portugal) – em abril
  • Igreja da Misericórdia (Viana do Castelo, Portugal) – em outubro
  • Igreja de Fiães (Portugal) – em agosto
  • Igreja de Santa Cruz (Miranda do Douro, Portugal) – em abril
  • Igreja de Santa Maria de Lamas (Portugal) – em agosto
  • Igreja de Santa Maria dos Anjos (Valença, Portugal) – em janeiro
  • Igreja de Santa Maria Madalena (Braga, Portugal) – em janeiro e novembro
  • Igreja de Santo António da Torre Velha (Ponte de Lima, Portugal) – em janeiro
  • Igreja de Santo Estevão (Valença, Portugal) – em janeiro
  • Igreja de São Domingos (Viana do Castelo, Portugal) – em outubro
  • Igreja de São João Batista (Sistelo, Portugal) – em agosto
  • Igreja de São Salvador (Arcos de Valdevez, Portugal) – em agosto
  • Igreja do Bom Jesus da Cruz (Barcelos, Portugal) – em novembro
  • Igreja Matriz da Golegã (Portugal) – em novembro
  • Igreja Matriz de Ponte de Lima (Portugal) – em janeiro
  • Igreja Matriz de Santa Maria da Feira (Portugal) – em agosto
  • Igreja Matriz de Santa Maria Maior (Barcelos, Portugal) – em novembro
  • Igreja Nova de São Paio (Vila Verde, Portugal) – em setembro
  • Mesquita-Catedral de Córdova (Espanha) – em março
  • Mosteiro de Bouro Santa Maria (Amares, Portugal) – em setembro
  • Mosteiro de Santo André de Rendufe (Amares, Portugal) – em setembro
  • Mosteiro de São Salvador de Grijó (Portugal) – em agosto
  • Santuário de Nossa Senhora da Abadia (Amares, Portugal) – em setembro
  • Santuário de Nossa Senhora da Agonia (Viana do Castelo, Portugal) – em outubro
  • Santuário de Nossa Senhora do Alívio (Soutelo, Portugal) – em setembro
  • Santuário de Nossa Senhora do Sameiro (Braga, Portugal) – em janeiro
  • Santuário de São Bento da Porta Aberta (Rio Caldo, Portugal) – em setembro
  • Santuário do Bom Jesus do Monte (Braga, Portugal) – em novembro
  • Sé de Viana do Castelo (Portugal) – em outubro
  • Sé Nova de Bragança (Portugal) – em abril
  • Sé Velha de Bragança (Portugal) – em abril

Melhores Experiências de Viagem de 2022: O Património Mundial da UNESCO

Por último mas não menos importante, aquela que foi uma das minhas melhores experiências de viagem de 2022 e que continuará, provavelmente a ser uma das minhas melhores experiências de viagem nos próximos anos: colecionar visitas a novos sítios do Património Mundial da UNESCO!

Centro Histórico de Córdova (Espanha)

Eis os 6 sítios do Património Mundial da UNESCO que visitei em 2022:

  • Catedral, Alcácer e Arquivo das Índias em Sevilha (Espanha) – em março
  • Centro Histórico de Córdova (Espanha) – em março
  • Centro Histórico de Guimarães (Portugal) – em novembro
  • Centro Histórico do Porto, Ponte Luiz I e Mosteiro da Serra do Pilar (Portugal) – em abril e novembro
  • Santuário do Bom Jesus do Monte em Braga (Portugal) – em novembro
  • Universidade de Coimbra – Alta e Sofia (Portugal) – em dezembro

Partilha este artigo nas tuas redes sociais!

Mais Artigos sobre a Europa

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Scroll to Top